domingo, Julho 27


Ir de férias é maravilhoso, mas o regresso a Casa é ainda melhor!
O pior é mesmo a quantidade de coisas para arrumar, espalhadas por todo o lado, tendo em conta que chegámos há meia hora e amanhã é dia de trabalho e de escola e de avó... pois.


domingo, Julho 20


Vai ser uma tarefa árdua, mante-los acordados até à hora tardia para irmos buscar o Pai ao aeroporto, mas tendo em conta que amanhã não haverá, outra vez, horários a cumprir, é na boa...


domingos dos nossos...


Hoje cumpriram a promessa e ninguém abriu o olho antes das dez!
Ele roçou as 11h...
A seguir, para lhes dar o ar, fomos às compras de desmaquilhante aqui para a mamã que não passa sem o rímel e assim escusa de fazer ferida, a escovar os olhos só com leite ou creme ou lá o que é... e bananas e pastilhas elásticas. Indispensáveis, portanto.
Almoço saudável, brincadeiras na relva, pés descalços.
Ela dorme, ele cola cromos. Eu vou ver se tenho ingredientes suficientes para fazer um bolo, que já deito panquecas pelos ouvidos, de tanta massa que fizémos ontem, foi ao lanche e ao pequeno almoço, ora com chocolate, ora com mel ora com manteiga. É muito bom e recomendo.
As malas. A seguir atiro-me a elas.


sábado, Julho 19

Um sábado (quase) perfeito:


Tínham-me prometido que hoje ninguém acordava antes das 10h da manhã!
Ontem fomos jantar fora, no sítio preferido da malta de palmo e meio, e adormeceram os dois na cama da mãe, no mimo.
Hoje acordaram às 8h30.
Pois.
Com a pica toda porque não têm tido tempo para as coisas deles, queriam brincar e ter tempo para não fazer nada.
Ainda não despimos os pijamas.
Há brinquedos espalhados pelos quartos, tiraram tudo das prateleiras, brincam há horas.
Eu separei 3 sacos grandes de roupa e sapatos para quem mais precisa e começo agora a organizar as malas para as férias. Amanhã fica tudo pronto para quando formos buscar o Pai ao aeroporto, ser só preciso fechá-las...
O almoço também foi escolhido por eles: canja com ovos cozidos e frango.
Cinco pêssegos descascados para os 3.
Lá fora chovisca e o céu está cinzento.
Mais logo prometi panquecas ao lanche.
Agora é sesta.

Dias assim: quase perfeitos. Falta o Pai.


quarta-feira, Julho 16

Como andam as modas por aqui...


De maneiras que ando podre de sono, com umas cólicas terríveis e cansada.
Muito cansada.
A praia do miúdo está a terminar e ainda bem para todos: para ele que anda exausto e para mim, que me levanto com a Aurora e ando a mil à hora a partir do momento em que chegamos a Casa para o deitar a horas.
Esta coisa do tratamento é uma seca e o mau estar é uma nheca.
Vai passar.
E em breve tudo se resolverá ao nível da "canalização" da mamã.
Ainda assim, continuo sem perceber porque é que há pessoas com problemas do tipo do meu e que não se tratam por vergonha de ir ao médico.
Evidentemente que não é das especialidades mais adoradas, penso até que consegue ser pior do que ir ao ginecologista, mas a coisa faz-se, sempre com a expectativa de curar e resolver.
E o copo (sempre) meio cheio, claro.




Olha, olha, mais um seguidor!!
Bem-vindo, aqui ao estaminé da mamã!



A semana anterior às férias é sempre uma loucura, e esta não está a ser excepção.
Ainda por cima com tratamento ao nível da canalização a meio, o que não ajuda MESMO nada.
Ando cá com uma pedrada...


domingo, Julho 13


Ah e tal, os pais que gostam que os filhos cheguem a Casa cansados para dormirem e não chatearem não são bons pais.
O caraças!
Hoje sabe-nos a pato!
A malta de palmo e meio encostou às boxes às 19h30, de regresso de um dia no Ribatejo, de calor e natação e muito mimo e corridas... dormir também faz crescer.
A todos.
E até aposto que vão dormir seguidinho até amanhã de manhã, como a canção das Doce! :)


Nota - onde está a rã na imagem?
(sorriso)


sábado, Julho 12


Dormimos até tarde, como é hábito, aliás, ao fim de semana.
Rumámos à praia perto da hora do almoço, ter com os amigos da farra que já lá estavam a marcar lugar.
Almoçámos com o pé na areia.
Voltámos à praia para mais uns mergulhos.
Gelados, por sinal.
Fizémos de conta que nos penteámos, sem mudar de roupa e com areia nos pés, fomos à festa da pequena Mafalda, ajudá-la a apagar as 3 velinhas.
A convidada especial era a Maléfica.
Herself!
A minha filha olhava de lado, sem ter certezas de nada...
Regressámos a Casa para banhos e jantar e agora a pequenada anda a cair de sono, até os obrigar a deitar.
Amanhã, Ribatejo com a malta.
Esperam-nos 33 graus e almoço à borda da piscina.
Vida boa é isto.


quinta-feira, Julho 10


O meu escritório não é na praia, mas às vezes assemelha-se muito...



Pequenos (grandes) pormenores...


Vir deixar as compras a Casa, fazer as camas e baixar os estores.
Estender a roupa escura à sombra da árvore e a roupa branca ao Sol.
Comer os restos do jantar de anteontem e saberem a pato.
Descalçar as sandálias de salto agulha e calçar havaianas durante 1h.
Nem me lembrar que me espera uma reunião de tarde-inteira daquelas bem chaaaaaatas.


quarta-feira, Julho 9

Caraças, pá!


Lá vai o anão à final...


Report II


Pirei-me mais cedo, trouxe a pequenada cheirosa até aos pés, que se portou para lá de muito bem.
Um adormeceu no caminho, nos (muito) poucos kilómetros que separam a Casa dos Avós da nossa Casa Amarela.
Ela adormeceu pouco depois.
Dom Marido ficou por lá, entre o jogo da bola [que não tem fim...] e os mimos da mãe aniversariante.
Já estendi uma máquina de roupa, pus outra a lavar, preparei duas mochilas e a minha roupa para amanhã.
E no fim disto tudo ainda me vou esticar no sofá, em pijama, a ler revistas de empreitada.
Amanhã é dia de receber a publicação semanal e ainda não tenho a leitura em dia...




Report diário:


Levantar com a aurora.
Sair de Casa pouco depois do nascer do sol.
Deixar miúdo no autocarro rumo à praia a horas impróprias.
Almoço de equipa num restaurante da moda, no registo hiper-chique, com tanto sono que quase nem apreciei a coisa.
Passar a tarde a bocejar e a emborcar copos de água como se fossem cafés.
Rumar a Casa antes de todos, arrumar isto e aquilo, preparar as roupas da festa da miudagem, retocar a maquilhagem, dar um jeito no cabelo.
Cheirá-los a decidir se tomam banho a correr ou se vão mesmo assim, de cara lavada e cabelos penteados.
Sair para a festa de anos da sogra.
Contar com poucas birras dos meus filhos e dos filhos dos outros porque a mona parece que estoira e a paciência esgota.
Prever regresso a Casa fora de horas porque há jogo da bola, mas amanhã há mais do mesmo, por isso a ver se me piro antes com os mais piquenos.
E a minha vida é isto.
Mas eu adoro!
(sorriso)



So true...