quinta-feira, abril 23

Despedir a empregada significa:

Durante a hora do almoço fazer três camas de lavado, tirar a loiça da máquina, por a máquina da roupa a lavar e esfregar uma casa de banho, ao nível das loiças sanitárias...


segunda-feira, abril 20

Impressionante, a quantidade de coisas que aqui a mamã arruma, organiza e trata na meia hora que antecede a colocação da cabeça na almofada... É óbvio que estou para lá de Bagdá para escrever mais do que três linhas.
Feito.
Suspiro...


domingo, abril 19


Tudo bem com os ouvidos da miúda. STOP
Tubinhos no sítio. STOP
Audição 100%. STOP

Não parem!! :)
Boa semana!


quinta-feira, abril 16


Daqui a bocado vamos à consulta pós-operatório da miúda.
Confesso que estou em ânsias... o médico é dos (demasiado) descontraídos, que nem nos falou em tampões, nem tão pouco bandas na mona por causa da água. Do banho ou do mar. Diz que a água só entra sob pressão. E que a pressão só se verifica se ela mergulhar. O que é certo é que apanho cargas de nervos a dar-lhe banho e tenho saltado a esfrega diária do cabelo por causa dos ouvidos.
Daqui a bocado é que vamos confirmar que os tubos estão no sítio certo e que a diarreia com que anda há 2 dias é do antibiótico que toma, com efeito meramente preventivo e derivado da intervenção que fez.

Nunca mais sossego, irra!


quarta-feira, abril 15


Hoje começámos o dia de coração cheio, com uma cerimónia religiosa na escola do miúdo.
Que coisa linda, ver aquela pequenada toda no altar da igreja, a cantar e a rezar... e que alegria vê-lo ler tão compenetrado, depois dos nervos que lhe senti, em casa, na preparação da coisa. E que bem que correu. E que orgulho eu tenho...


6 Anos


De Blog.
Hoje.
Parabéns, amigo :)


terça-feira, abril 14

segunda-feira, abril 13

Maneiras que foi assim:


Madrugámos ao hospital, ela em pijama, meia a dormir.
Foi a primeira.
Eu fui forte, cumpri o que lhe havia prometido: não a deixei sozinha.
Foi anestesiada ao meu colo.
É verdade: no Hospital da Cruz Vermelha, uma criança de 3 anos pode ser anestesiada ao colo da mãe, e por isso não passámos por aquele momento de tortura da entrega ao Sr. Dr., do "agora vais com este senhor de bata verde e touca de astronauta que tu nem consegues reconhecer e eu fico aqui à espera."
Quando acordou, já estávamos ao pé dela outra vez.
Essa coisa do recobro não foi nada como me tinham pintado: uns 5 minutos de gemidos perdidos, umas palavras soltas e adormeceu profundamente.
Dormiu 2h seguidas.
Acordou fresca, como se fosse de manhã.
E com fome.
E a ouvir lindamente!
O nosso fim de semana voou, é certo.
Ontem descomprimimos com um almoço de Páscoa tardio, com amigos daqueles mesmo bons, de Casa e do Coração.
Hoje devia ter sido domingo outra vez, mas com este fim de semana voou também a nossa preocupação com os ouvidos da miúda que, espanto dos espantos, já ouve os CD's do carro com o volume no 3.

Coração sereno, este, o da mamã.

Antes:


 No recobro, a fazer óó:


Quando acordou, 2h depois:



Antes de sairmos, umas 3 horas depois:




quinta-feira, abril 9

E hoje, para além do sono e da ansiedade habituais, tomei conhecimento do preço da operação da miúda... Ui, mesmo a calhar!...

Suspiro.


quarta-feira, abril 8

Duas noites mal dormidas.
Three to go...
:(


segunda-feira, abril 6

Confirma-se que não tenho a mínima pachorra para o blog, que as férias foram fabulosas e que já estou em stress absoluto porque no próximo sábado a minha Florzinha vai ser operada aos ouvidos.


terça-feira, março 31

Passei só para dizer que por aqui está (muito) frio, já andámos na neve, inclusive, mas está-se mesmo bem... Férias a quatro têm um sabor muito especial ...


quinta-feira, março 26

Um alívio muito, muito, muito grande é o que sinto agora, que saí da mamografia e ecografia mamária.
Ufa!!
Chamam-lhe rotina, controlo, o caneco, mas com o que ouvimos todos os dias, em que se dá um pontapé numa pedra e sai um cancro, quando sabemos que connosco está tudo bem, é motivo de festa!
Vamos mas é jantar fora!!!

:)


quarta-feira, março 25

Em contagem decrescente para férias a quatro.
Precisamos tanto das ditas como pão para a boca. Só era escusado ter caído um avião exatamente no sítio para onde vamos... Ai eu....


terça-feira, março 24

Hoje foi um dia bom. Não vou aborrecer ninguém com imagens cor de rosa e de sinos a tocar e crianças a rir, até porque daqui por umas semanas a minha vontade de rir será igual a zero, mas foi um dia bom e o serão foi muito divertido. A quatro, que é como as coisas são verdadeiramente divertidas!