sexta-feira, maio 25


Hoje é dia de não apetecer fazer a ponta de nada e as coisas acumulam na secretária... para mais, com uma escritura não prevista da parte da tarde, que se correr mal é coisa para me dar que fazer durante o fim de semana. Ui, c'a bom!

Durante a hora do almoço vou relaxar para o cabeleireiro. Último corte até acertar, finalmente, todas as pontas.

Ver pratos e talheres cor de rosa, algures numa loja da especialidade.

Pagar à empregada.

Isto tudo com o pé (o dito!) negro, negro, negro. A valer pelo que não me dói (aleluia! Aleluia!), quero lá saber do negro! Há-de passar! É no que acredito! Sandálias é que não... já agora.


1 comentário:

  1. Bom, ao menos não te doi, o que não é nada mau :p

    ResponderEliminar