terça-feira, julho 31



Foi um dia tão cheio, senhores!
Tanta coisa para registar!
Duas birras, umas palmadas arrancadas a ferros aqui da mamã, depois de esgotados todos os outros meios de negociação... tudo indicava que o dia iria correr menos bem...
Mas não, birras à parte, as festas correram magnificamente bem, ambas-as-duas.
Sr. Piolho acalmou os ânimos, baixou à terra e aproveitou todos os minutos.
Participou em todos os jogos, ganhou alguns, outros nem por isso, divertiu-se a valer e tem para ali uns 3 sacos a abarrotar de presentes maravilhosos.
O meu telefonou tocou todo o santo dia, ora em chamadas, ora em mensagens.
Uma animação!
Passou rápido.
Estamos derreados.
Mas ele adormeceu feliz, ao lado de um T-rex, um ankylossauro e um livro que quase se ouve o ranger dos dentes da fera na capa, oferecido pela sua primeira paixão... Delicioso!

Por pouco não houve um stress a valer quando um dos que têm o chamado "mau perder" decidiu mostrar que podia perder o jogo da corrida das sacas, mas conseguia saltar do muro. Pelo choro do miúdo, eu arriscava uma fractura exposta, mas afinal não passou de um grande susto... acabou o dia nas urgências do Hospital, mas veio pelo próprio pé e nem torcido estava.
Ufa!

1 comentário:

  1. E como se costuma dizer "Tudo está bem quando acaba BEM"! Ora muito bem!

    ResponderEliminar