quarta-feira, agosto 21

Ora, nem mais!


"Ora bem! Lá está! Estamos novamente a falar de coisas diferentes!
1. Os bebés e as crianças não devem chorar até adormecer! Ponto um e ponto único! Com ou sem estudos, independentemente das verdades científicas, é cruel, desumano e triste transformar um momento de tranquilidade e carinho, num momento de medo. Principalmente porque cheios de medo já estão de encarar a hora de dormir, a hora de se deixar ir...
2. As crianças e não ficam mais ou menos independentes ou robustas por dormirem com ou sem os pais. Há inúmeros culturas que praticam o co-slepping e nem por isso os adultos se puseram palermas por causa disso. E as frases tiradas do contexto valem de pouco. Se lermos a entrevista completa da Teresa Paiva percebemos que o que ela quer dizer, e o que a precupa, são crianças que cumprem o ritmo do pais e por isso dormem muito pouco. Além disso os rituais para adormecer também são defendidos por quase todos os profissionais. E pergunto eu, se o ritual for ler uma história, dar um beijinho e ir embora é válido. E se for ler uma história, dar um beijinho e fazer miminhos na cabeça até a criança adormecer, já não é?
Ora essa..
Bom teresa, desculpe, invadi-lhe o estaminé à grande, mas isto irrita-me um bom bocado, tal como a si, reconheço...Bjo"


Acerca disto.
E não se fala mais nisso, vá. Não quero leitores irritados. 


6 comentários:

  1. Peço desculpa mas fui eu que coloquei o excerto da Dra. Teresa Paiva e o que esta leitora menciona como fora do contexto, perdoem-me a frontalidade, não é verdade. Aliás, é mentira! A entrevista completa está aqui http://www.seleccoes.pt/Sono_conforto_morte_gosto_de_viver_16070. Esta especialista menciona em vários artigos publicados que não concorda com os pais que não cultivam o hábito dos seus filhos adormecerem sozinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caramba! Honras de Capa!
      E porque a "mamã" que escreve este blogue não quer leitores irritados, não me vou alongar, mas tenho só de responder...Quando disse "frases tiradas do contexto" não falava da leitora que colocou a frase, mas da própria entrevista. Tive a possibilidade de ler (por questões pessoais e profissionais) muita coisa escrita pela Dra. teresa Paiva, particularmente o Projeto Sono que ela desenvolve nas escolas, e a tónica parece-me ser muito no que referi: a grande preocupação é que as crianças durmam bem e todas as horas que necessitam, e afirma que os meninos que adormecem sozinhos, são os que dormem melhor ( o que se pensarmos bem é diferente de ensinar os meninos a dormir sozinhos). Que não é necessário ensinar a andar, tal como não é necessário ensinar a dormir. Mas e se a criança não adormece sozinha? Aí temos as tais duas linhas completamente diferentes: a que o Dr. Estivill tornou famosa, de deixar chorar até dormir; e a que que outros especialistas, como o Carlos Gonzalez defendem e com a qual eu concordo: estar presente, dar mimo, colo, dormir juntos, o que seja, para ajudar a criança a dormir o melhor possível...
      Digo eu...e é apenas a minha interpretação das coisas...
      Bjo

      Eliminar
  2. Tenho 4 filhos e nenhum chorou até dormir, era incapaz acho cruel, adormeci todos sim, ensinei-os a dormir sozinhos quando eram maiores e tenho neste momento uma bebé de 4 meses que adora adormecer connosco, adormece e depois ponho na cama dela e dorme e noite toda e adormece tipo ás 20h, eu depois venho tratar do resto que tenha a fazer. Dormir como dizes tem de ser uma hora boa, prazeirosa com miminho.

    ResponderEliminar
  3. Como todas as histórias (as de vida, também) há sempre duas versões. A minha é diferente - terá direito a post quando for oportuno que agora estou de férias e não quero falar de coisas sérias :P
    Mas aconselho a ler o livro "Dorme meu menino". Ajudou-nos mto. A mim e ao meu mais velho!
    Bjs grandes, Marta

    ResponderEliminar